quarta-feira, 27 de março de 2013

vão se os dias

“Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro. Dentro de um abraço não se ouve o tic-tac dos relógios e, se faltar luz, tanto melhor. Tudo o que você pensa e sofre, dentro de um abraço se dissolve.” [Martha Medeiros]






... e depois de abraços e beijos ele confessou uma tal saudade que ela já não ouvia há tempos. Como se chama? Não sabia nomear ou dizer qualquer coisa. Apenas sentiu. Assim como sentiu os beijos e as mordidas em meio a olhares e sorrisos. Não havia nada além e havia tudo. Podia ser só hoje. Pois ele sempre disse que sua memória já não era tão boa e que seu coração tão confuso. Mas tinha certeza dela. Tinha certeza que precisava dela ali. Que não era igual com ninguém como com ela. Em seus braços. Ele se sente protegido, sem ter que proteger sempre. Pode contar tudo. E esse tudo é tudo mesmo. Pode não contar agora, mas amanhã meio por entre palavras de desculpas, ele fala. E já não quer mas falar, só quer colo, só quer um coração quente para descansar. Mas ele sabe que agora ela já não é mas a mesma. E que já não que a incertezas dos dias. E ele quer qualquer coisa de doce dela, de romântico como a menina que rodopiava com ele pelo salão. Pra ela talvez o passado já não lhe caiba. Talvez só não queira. Ela também não sabe. Pela primeira vez sente dúvida. E então eles se encontram como fugitivos. Querendo um pouco de paz. E as vezes até vêem aquele brilho no olhar. E ficam quietos falando por abraços onde estão seguros e ninguém pode entrar. Onde cabe a lágrima, Sorriso. Beijo.Segurança. Adeus. Que ele já não quer e ela que não queria agora pensa, mas sempre volta. E esse vai e vem é torto. E ele pergunta porque ela faz isso com ele. Por que  só com ela é assim. Ele sente raiva. Não consegue ficar brigado. Se vai embora a segura pela mão. E se ele vai ela sorri e então tudo fica "bem". E diz que um dia ele não vai mais faze-la sofrer.. Vai quietar o coração.Ele só esquece que ela pode não estar para sorrir e ele ficar. E que o amanhã pode não acontecer. Mas dizem que o amor só é bom se sofrer, Será ? E como se não houvesse mais rumo, vão pelos dias incertos.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...