segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Dear Carol,



O sol ainda não nasceu e eu já estou com meus pés no chão, ou melhor, nem dormi. Faz alguns dias que não nos falamos e estou com tantas saudades. Odeio essa distância. Queria seu abraço agora. Sabe aquele que conforta. Os dias não tem sido ruins. Nem bom. Não sei ao certo. Acho que apenas tenho me escondido das minhas dores. Não que não machuque. Porque dói, mas é que por dias... até hoje, resolvi respirar. Mamãe diz que eu que escolhi continuar a sofrer. Será mesmo? Será que não gosto tanto assim de mim? Ou será que apenas deveria parar de escutar meu coração... Já não tenho tanta certeza. Não tenho certeza de nada.
Ontem eu vi Lucas. Ele continua com aquele olhar doce e o sorriso lindo. Ficamos conversando como antes,coisas bobas e animadas. Dessas que te tiram do chão. Lembramos dos momentos bons e rimos de outros. Então deitamos no chão cansados das brincadeiras com as crianças e de rir. Ficamos nos olhando por um tempo. Ele falou que me ama. Eu sorri, mas depois lembrei de tudo que aconteceu. E ele chorou quando disse que não acreditava que me amava. Mas no fundo eu sei que ainda me ama. Ninguém entende esse elo entre nós. As vezes nem a gente.Tem dias que parecem que nada mudou. Que ainda somos o mesmo casal apaixonado que conheceu e outros... Mas depois de tantas coisas erradas e mágoas eu me pergunto onde fica o amor. O que fazer com essa bagunça? Eu sei o que você pensa. Eu sei... 
Lembrei de você ontem. De você dançando zouk e eu aprendendo no corredor da faculdade. Quando a gente sentava no banheiro e perdia horas conversando. O clube da luluzinha. Quando tudo era mais bonito e feliz. Tudo era motivo para festa. Lembro dos brigadeiros no lanche. Ai que saudade. Fiquei lendo os        e-mails com mensagens que trocávamos. Sempre com palavras tão bonitas sobre amizade e planos. Planos... Planos? Fiquei pensando no que conquistei nos últimos anos. E pensei e pensei. Depende do ponto de vista. Para alguns não fiz nada. Para mim muito. E você? O que tem feito? Ainda gosta de chocolate?Quero te contar tanta coisa. Quero saber tanta coisa sobre você. Assim que conseguir vou fazer aquela visita que prometi.



Com muitas saudades da amiga (irmã), Paty.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...