quinta-feira, 31 de março de 2011

escolha errada



As horas se vão. Pesadas. Opacas. Luto contra meus pensamentos e reflito sobre minhas escolhas. Meus medos me cegam e mais uma vez erro e fico triste. Quando percebo estou parada num lugarejo com gosto de nada. Olho para as pessoas e em cada sorriso que vejo imagino coisas bonitas. Mas é tudo uma farsa. Já comecei a sonhar demais.

domingo, 27 de março de 2011

Quando...

"Quando falo dessas pequenas felicidades certas, que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem, outros que só existem diante das minhas janelas, e outros, finalmente, que preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim."

quarta-feira, 23 de março de 2011

"Eu me sinto às vezes tão frágil, queria me debruçar em alguém, em alguma coisa. Alguma segurança.Invento estorinhas para mim mesmo, o tempo todo, me conformo, me dou força. Mas a sensação de estar sozinho não me larga. Algumas paranóias, mas nada de grave. O que incomoda é esta fragilidade, essa aceitação, esse contentar-se com quase nada. Estou todo sensível, as coisas me comovem."

Caio F.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Basta querer.

Eu estava ali de novo. Na tentativa de afastar toda dor de mim, mas as paredes do meu quarto se aproximavam e me sufocaram. Deixaram de ser um lugar aconchegante para se tornar uma prisão de lembranças. Sai procurando um céu azul para respirar, mas veio a chuva e me inundou. Até gostei. Precisava despertar e olhar para trás e ver quem realmente se importava com as lágrimas que escorriam da alma. Me custou ver a verdade, mas percebi que não há um céu completamente azul. Talvez não pra mim. Mas tem um mundo novo a ser descoberto. Novos momentos a serem congelados por minha lente. Hoje eu vi que até o dia mais longo tem seu fim (um novo começo), basta querer...
 _______________________________________________________________________________


Voa beija-flor.
 Você não sabe o que é amor nem tão pouco paixão
Se soubesse de verdade não maltratava meu coração
Parece beija flor que vai de boca em boca por ai
E suga todo meu amor e quando enjoa põe um fim
Agora não estou mais disposto a te dar meu mel
Procure logo um novo alguém pra te levar pro céu
Você seguiu outros caminhos eu fiquei chorando aqui
A sua vida de aventuras você vai seguir

Voa beija flor, vai dar seu calor pra quem não te conhece
Sai da minha vida, busque um outro amor você não me merece
Voa beija flor você não vai mais sugar do meu amor
Vai sentir o amargo de outras bocas lembrando o meu sabor

Jorge e Mateus





sexta-feira, 11 de março de 2011

desabafo



Ao seu lado vejo como é bom amar. Como gosto de te sentir perto do meu coração. De te dar colo e entrelaçar suas mãos nas minhas. Estive por tanto tempo adormecida. Você me trouxe a vida. Gosto como acaricia meu cabelo e desliza a mão pelo meu rosto...Controlo meus desejos. Canta em meu ouvido e minha alma chora. De felicidade.  Me sinto tão cansada hoje. Se escrevo agora, acho que é pra aliviar o peso das dúvidas. Assim, quem sabe, o passado vire pó. Não é o quero, mas é o melhor para mim agora. Acho que nosso sonho não foi tão forte. E lembro de você me balançar bem alto e de me sentir leve, você me deu asas. Ah! Se você soubesse como dói. Você esta chorando agora e eu também. Não acreditei no que eu fiz. Eu nos fiz em pedaços. Meus pensamentos enloquecem. Sem saber se o fim é o certo ou errado. Rezo para que passe, mas não passa eu sei. Ambos tiveram razão e ambos erraram. Quero encontrar o atalho pra chegar em casa. Estive tanto tempo perdida que não sei se esse é o caminho. Tão complicado. Me enrolo nas cobertas esperando que seja apenas mais um sonho ruim. Não posso mais falar... Só fecho meus olhos.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Quem...



"Quem é capaz de olhar sua própria foto e dizer em que estava pensando em exato momento? Se for a mesma coisa sempre fica mais fácil, não acha? Eu sei dizer o que estava em minha mente em todo momento. E se, daqui muito tempo eu tirar uma foto ou rever uma foto minha saberei dizer exatamente o que estava pensando no momento da foto. Porque nunca vai mudar."
Pedro Sandim Paiva

segunda-feira, 7 de março de 2011

Até...


É carnaval. Sei você não quer. Não que não ache divertido. Apenas não por agora. Por hoje. Deseja uma paz.

As ruas estavam tulmutuadas . Sorrisos nos lábios da multidão. Também sorria, por instantes conseguiu se sentir bem, até respirar novamente. Faltava algo. Alice descansou ali mesmo no meio-fio. Alguns confeites cairam sobre sua cabeça, assim como a chuva fina que aos poucos encharcava sua roupa.
 Foi caminhando enquanto desviava dos '' urubus " que desejavam sua carne. Ela sentia nojo. Deles e dela. Não queria que olhassem sua coxa ou a bunda. Queria que vissem sua alma, mas o que esperar ali? Olhou em sua volta e sentiu seu corpo tornando-se líquido. Alice abriu os olhos, sentiu uma dor no fundo deles, pois era uma luz tão branca que incomodava. Uma voz ao fundo perguntou - ''Está bem?'' - Se ela soubesse não faria essa pergunta. Acomodou-se a maca. Deu um gole no café já frio e disse - "Preciso ir. A felicidade me espera".- a enfermeira balançou a cabeça e virou as costas.
Ouvia-se o som de seus passos no corredor. Só queria sair dali. Seu telefone tocou. Era ele. Como queria ouvir sua voz, como queria ouvir que sentiu saudades. A porta de vidro se abriu. Antes que pudesse pensar nos erros, atendeu. Então escutou uma voz suave (longe).
- Oi !
-Oi, minha morena!Estou com saudades. Desculped não querer ir. Mas não estava bem.Quero te ver. Preciso de você...
-Eu também...Estou te esperando. Te adoro...
- Estou indo...
- Meu amor! Esse vai ser nosso melhor carnaval.
-Vai sim. Até
-Bjos
A porta de vidro se fecha e ela olha par trás e sorri. Desfila pela ruas escuras, mas agora com um brilho próprio, porque sua alma sorri. Agora todos olham aquele doce olhar.

sexta-feira, 4 de março de 2011



QUE VOCÊ SEJA ALEGRE,
mesmo quando vier a chorar.
QUE VOCÊ SEJA SEMPRE JOVEM,
mesmo quando o tempo passar.
QUE VOCÊ TENHA ESPERANÇA,
mesmo quando o sol não nascer.
QUE VOCÊ AME SEUS ÍNTIMOS,
mesmo quando sofrer frustações.
QUE VOCÊ JAMAIS DEIXE DE SONHAR,
mesmo quando vier a fracassar.
ISSO É SER FELIZ.
Que através deste livro você garimpe ouro dentro de si mesmo.
E SEJA SEMPRE APAIXONADO PELA VIDA.
E descubra que você é um
SER HUMANO ESPECIAL.
Augusto Cury

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...