terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Me vejo em seus olhos.

 " E nas ondas do mar
Eu vi você voltar
E nas ondas do mar
Eu desapareci... " ( Vanguart )


Uma parte de mim esta sem forças. Esta congelada. Como se o tempo parasse  por dentro e  por fora eu continuasse a viver as marcas que ele me traz. Me perdoe te contar assim. Com essas palavras duras, que mais parecem punhais. Sim, eu estou com medo de me apaixonar. O tempo foi longo para recuperar os pedaços que ficaram espalhados pelo chão. E alguns ainda estão perdidos. Não, eu não estou morta. Eu só tenho medo. Mas, você me faz querer viver algo que havia esquecido. Mas eu nem sei se posso. Você não sabe as dores que carrego. Você  não sabe. Mas chegou tão perto. E me tocou de um jeito, que me fez querer fazer cores e promessas outra vez. Tudo que faz é tão bonito. Me faz querer viver . E me pergunto " por que demorou tanto tempo para voltar? " e " por que só agora  viver esse amor? ". Eu esperei tanto tempo para ser salva. Eu me perdi aos poucos. A menina que conheceu foi morrendo...mas ao seu lado eu fico boba. Perco a noção do tempo.Você me faz tão bem. Mas e agora?O que eu faço?Já não sei por onde andar. Meu corpo me leva a você, mas minha mente não permite  te trazer para esse mundo de tristezas e também não quer que você vá embora. Não. Por favor não chore.  Suas lágrimas me fazem sofrer mais. Você é o único que me acalma nessa época de tempestades. Então hoje, segura minha mão. Eu vou fechar os olhos e deixar você me guiar.  Só não vá embora nunca mais. Não importa qual seja minha escolha. Você despertou o que achava que já não era real. Não sei se consigo me levantar outra vez. Por isso, não solte a minha mão. Eu me vejo em seus olhos.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...