A tempestade vai passando. E cada gota, se desfaz um pouquinho das coisas ruins. Precisava mesmo lavar a alma. Para que tudo fosse mas bonito. Não que tudo houvesse passado. E não passou. Mas vou desobedecer toda a tristeza que me causaram. Não quero me acostumar com toda essa bagunça.
                                                                      [foto google]

Postagens mais visitadas deste blog

Sapatilhas azuis

Entre as paredes