domingo, 3 de abril de 2011

Por hoje.


Beijou meus lábios, me olhou docemente e foi. Respiro fundo. Seguro as lágrimas e sorrio. Só mais alguns passos para chegar em casa. Agarrei o travesseiro. Só conseguia pensar na ponta de seus dedos tirando meu cabelo dos olhos, deslizando sua mão em meu rosto e me olhando...  nos amamos.O vento balançava as cortinas e  deixava no ar friozinho no quarto, mas nossos corpos cálidos estavam entrelaçados. Caminhamos pelas ruas cheias e nossas mãos se encontraram e essa ligação nos protegeu .Queria que fosse sempre assim. Queria lhe salvar dos problemas, te pegar no colo e lhe fazer sorrir quando o mundo lhe faz mal. Queria que soubesse, mesmo que conheça todos os meus segredos.Tenho andado cansada. Não quero mais brincar de esconde-esconde.Os dias tem sido compridos, mas quando estou com você eu tenho forças para continuar.Quero que isso passe, Dear.Mas por hoje fico aqui olhando as estrelas e esperando você me ligar para dizer que esta bem.Pois sei que onde estiver, estaremos sobre o mesmo céu.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...