segunda-feira, 4 de abril de 2011

As taças estão sobre a mesa.Precisava de algo que desfizesse o nó na garganta. A saudade é muita. Sei que faz horas que te vi, mas parece anos.Ligo o rádio.Me balanço na rede.Não quero que a música acabe. Não quero ouvir meu coração gritar.As vezes acho que não consigo, foram tantas mentiras.São tantos anos juntos. Tantas dificuldades.Eu rezei esperando que os deuses me escutassem.Mas acho que não clamei o suficiente.Me pego então nas lembranças bonitas para aliviar a saudade.Assim sinto você aqui.Lágrimas silenciosas escorrem pelos lábios que ontem você beijou.Me olho no espelho. Vejo seu sorriso sobre os meus ombros e colocando o cordão prata com um pingente de coração em meu pescoço.Beijou minha nuca. Quero que passe.Eu tento e tento tudo por você, por nós. Só quero que as mentiras sumam e fiquem as verdades.Mesmo que crie nosso conto de fadas. Uma forma de fugir do mundo real, as vezes é mais fácil lidar com seres sobrenaturais do que pessoas.O que importa no final é estarmos lado a lado vendo o nascer do sol, ao término de mais uma batalha.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...