quinta-feira, 31 de março de 2011

escolha errada



As horas se vão. Pesadas. Opacas. Luto contra meus pensamentos e reflito sobre minhas escolhas. Meus medos me cegam e mais uma vez erro e fico triste. Quando percebo estou parada num lugarejo com gosto de nada. Olho para as pessoas e em cada sorriso que vejo imagino coisas bonitas. Mas é tudo uma farsa. Já comecei a sonhar demais.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...