quarta-feira, 28 de julho de 2010

Espera...


Todos os dias eu saia para trabalhar e a via  parada, quieta, com o olhar perdido. Seus cabelos brilhavam, seu rosto angelical, sua beleza era especial...Não entendia o que fazia todos os dias sozinha ali, sempre arrumada.
Era domingo. Num desses em que tudo se repete. Fui comprar pão, ainda era muito cedo e lá estava ela. Então sentei ao seu lado e tentei ver o que tanto lhe prendia a atenção, mas nada achei. Respirei fundo e perguntei:
- Te vejo todo dia aqui. O que te prende?
- Espero minha metade...
- ... Mas onde ela esta?
- Foi em busca da felicidade
- Não entendo...
- Ele não achou suficiente viver um amor, queria mais, queria encontrar a felicidade plena, então pegou carona com o vento e eu fiquei aqui...
- Por que não foi com ele?
- Porque eu já encontrei a felicidade... eu e ele somos o amor e a paixão, mas juntos a felicidade.

Ela me olhou com muita ternura e sorriu, então me levantei e fui para casa sem parar de pensar no que me disse. Percebi que algumas lágrimas se desfaziam no vento, que era o que sentia mas não entendia e um sorriso nasceu...Virei para trás e ela não estava mais lá. Para muitos é só loucura, mas para mim um anjo me mostrando um caminho, um raio de luz...

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...