sexta-feira, 9 de abril de 2010

Não é fácil...É simples talvez...

Lá fora a chuva lava as ruas e chorar já não me acalma
Aos poucos começo a enloquecer
A vida me escapa e mesmo que tente aproveitar cada instante
No relógio vejo que o tempo me atrapalha
Tento fugir, mas volto porque a esperança me cega
Nem sempre as decisões são certas
Houve um tempo que pensei que seria diferente
E minha lágrimas, não gotejariam feridas
Não tenho medo de mostrar o que sinto
Queria apenas sair em vão
O mundo não esta fácil
Pelo menos não para mim...

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...