quinta-feira, 1 de abril de 2010

Agora estou confessando para as paredes acizentadas do meu quarto.
Na sala esta vazio o sofá, aquele que várias vezes nos amamos.
Você foi meu mundo, dentre todos o mais colorido.
Agora foi extinto, ao meu redor tudo esta...
Nada...
Quantas noites sem dormir.
Quanta esperança ao amanhecer.
Já conheço o rumo desta estrada.
Cansei de conhecer.
E só.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...