domingo, 21 de março de 2010

Cansada de viver sozinha.Sua alma já não suportava após tanto chorar naquela noite ao olhar para sua estrela a suplicou que devolvesse sua felicidade.

Ironicamente seu coração batia como romântica, mais com alma triste que sentia pena  de seu próprio ser. Esperava dessesperada o amanhecer, com a esperança que chegaria o calor e devorasse a fria solidão que empregnava seu corpo.

 Debruçada sobre a janela viu o sol com todo seu esplendor. Parou por segundos para contemplar o calor que penetrava em suas veias, mas seu telefone tocou, sua alma congelou. Com as mãos trêmulas atendeu e suavemente como a brisa o amor entrou em sua porta e pode novamente sorrir.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...