quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Encontro

Depois de anos lhe encontro num acaso
Um encontro, um olhar
Sua namorada não entendeu mas nos deixou conversar
Relembrei dos momentos felizes, das palavras doces
e da despedida de duas pessoas que se amavam.

Não precisa ser tão frio
Foram as consequências da vida e por acaso do destino
estamos juntos aqui outra vez
Quanto desrespeito ao nosso amor

Por que o amor precisa de provas?
Se te amo e diz que amas
Se uma troca de olhares foi a gota necessária
Para transbordar esse sentimento

Existem barreiras entre nossos corpos
Olhares combinados, pensamentos tortos
Não me perca novamente...

Não me abandone por rancor das cicatrizes
Não me culpe por todos nossos erros
Não me substime por te pretender
Mas culpe a si mesmo por te adorar.

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...