quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Carta ao meu grande amor

Não quero alguém que morra por mim,só quero quem me dê um pouco de amor, não exijo um amor incondicional apenas alguém que me trate com carinho.
Não me iludo achando que todas as pessoas gostem de mim nem quero que gostem. Me basta saber que fui especial para alguém.
Quero trazer felicidade a vida de quem amo.De  que apesar dos meus defeitos, alguém me compreenda, que não brinque com os meus sentimentos e sim valorize-os.
Nunca quis brigar com o mundo, nunca sonhei em realizar  a guerra, mas se for para defender os meus sentimentos, peço a DEUS , forças o suficiente para defender o que sinto e acho certo.
Queo ter a certeza que posso mostrar o meu sentimento, que nada que fiz foi em vão, poder olhar para atrás e recordar dos momentos bons que a vida me proporcionou.



PATRICIA THOMAZ

Outras intensidades

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...