Aprendi com meus erros...

Há se soubesse que a esse ponto chegaria
Não cometeria os que que cometi
Não gritaria, nem calaria

Os erros são como ervas daninhas
Que se alastram por  nossa alma
Devastando nossa confiança
Nos sufocando e causando dor

Nesta vida descobri que todos somos errantes
Uns mais que os outros
Por isso aprendi não mais julgar
Mas no paraíso deveremos ser vigilantes
E o acerto é tudo que temos...

Postagens mais visitadas deste blog

Sapatilhas azuis

Entre as paredes